sexta-feira, 22 de abril de 2011

PMMG LEVA PREVENÇÃO E CULTURA A ESCOLA DE AGLOMERADO


Belo Horizonte/MG (20/04/2011) - Interagir com a comunidade escolar, mostrar os trabalhos preventivos e ouvir os questionamentos dos jovens. Estes foram alguns dos objetivos dos instrutores do Programa Educacional de Resistências às Drogas - Proerd do 22º Batalhão que visitaram, na manhã de hoje, 20, a Escola Municipal Senador Levindo Coelho, localizado na Rua Caraça, Bairro Serra, em Belo Horizonte. A visita, coordenada pelo Sargento Arantes, contou com a presença dos músicos da Academia Musical Orquestra Show - AMOS da Polícia Militar.

RECONHECIMENTO

Quando a atual instrutora do Proerd na escola,
Soldado Virgínia, chegou ao centro do pátio, dezenas de crianças correram e se apertaram para poder abraçá-la, beijá-la, não sem antes cobrar, "professora a senhora ainda não passou na nossa sala hoje.", frase repetida por quase todos os jovens, que apareciam nas sacadas e janelas para mandar um "tchau" para a militar.
A policial, recém-formada no curso para instrutores do programa, disse que sempre se emociona com as intervenções carinhosas e descreve o trabalho como gratificante. "Os adolescentes, às vezes, tem apenas contato com a PM quando ela atua de maneira repressiva. Nosso trabalho é mostrar que a Corporação investe muito na prevenção e que os policiais militares são amigos e que eles podem contar com nosso trabalho.", explicou a Soldado.

Enquanto explicava seu trabalho, a garota Jaiana Conceição de Sousa, de 11 anos, e aluna da Sd Virgínia, interrompia a fala da militar, para elogiar seu trabalho. "Adoro as aulas da professora Virgínia, ela me ensina que tenho que ficar longe das drogas."A jovem que acabou de chegar do Estado da Bahia para morar em Belo Horizonte afirmou que ficou maravilhada com essa novidade da PMMG. "Não conhecia o Proerd e estou gostando muito. Confio no trabalho dos policiais e na PM de Minas."

Esta opinião é compartilhada pelo extrovertido Andrew Felipe de Sousa, também de 11 anos. O jovem, morador do aglomerado da Serra, disse que adora as aulas do Proerd e acha "legal" o fato de militares estarem dentro das salas de aula. "Eu gosto muito das aulas, aprendo bastante e sempre gostei do trabalho da Polícia Militar." Talita Mayara de Souza, aluna do 5º ano, reforçou, "são ótimas as aulas, eles fazem brincadeiras e hoje confio mais na PM."

No ginásio do colégio, os alunos encontraram um antigo amigo. O Sargento Kerlston, que era o instrutor na escola até o ano passado e está há sete anos atuando no programa, foi também muito bem recepcionado pelas crianças com abraços e brincadeiras. "É gratificante ver esse carinho. Nós do Proerd trabalhamos com uma linguagem diferenciada para aproximarmos da realidade dos adolescentes. Ver estas manifestações mostra que estamos no caminho certo."

ELOGIOS

Há 25 anos a frente da coordenação pedagógica, Ana Cristina Biagini, reforça que, desde que o Proerd foi incorporado a grade curricular dos alunos, há seis anos, a mudança de comportamento positiva é muito grande." Sinto que os jovens ficam mais preparados e mais seguros para lidar com questões referentes a segurança pública. Os resultados são altamente satisfatórios." O diretor, Eduardo Baccarini, também confirma esta mudança de postura dos adolescentes. "Há uma modificação tanto dentro quanto fora das salas de aula."

"Queremos mostrar aos jovens que moram em aglomerados que o mundo é muito maior que a realidade que eles conhecem nos morros." Assim o Sargento Claudinei José da Silva, há oito anos no Proerd, explicou o grande desafio de mostrar as crianças moradoras de áreas carentes a importância de estar longe das drogas. Esta é também a opinião do Soldado Souza Costa, que assim como a Sd Virgínia, é recém-formado no curso de instrutores. "É importante que os adolescentes vejam na PM um modelo e que nós seremos, portanto, a referência pelas escolhas positivas que eles farão na vida." explicou o Soldado.

LUZ, CÂMERA, AÇÃO

O ponto alto da visita foi sem dúvida a apresentação dos músicos da AMOS. Depois de executarem o Hino Nacional Brasileiro, a banda apresentou um repertório repleto de sucessos que agradam aos jovens, que retribuíram cantando em alto e bom som. As crianças dançaram e cantaram junto com professores e militares e ainda mostraram que sabem de cor a letra da música tema do Proerd.

Ao final, o Sargento Arantes reforçou o compromisso da Polícia Militar ao logo dos seus quase 236 anos de existência que é o de promover a segurança. "Nós policiais trabalhamos diuturnamente todos os dias para garantir a tranquilidade e, por isso, vocês devem confiar na PMMG. Estamos prontos para servi-los", ressaltou o PM que adiantou que eventos em outras escolas das regiões atendidas pelo 22º BPM acontecerão ainda este ano. (Sheila de Ângelis)

Fonte: www.pmmg.mg.gov.br

Um comentário:

  1. Na foto com Virginia, meus alunos, Jaiana e Andrey.Glaucia

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Obrigado pela participação!